6° Chakra | Chakra do Terceiro Olho, Frontal ou Ajna

O DIREITO DE VER

Intuição, Imaginação, Clareza Mental. “Se Podes Ver, Repara.”

É o Chakra sede da intuição. Mas depois de intuir, é preciso materializar na Terra para que não se perca em “viagens na maionese”. Quando uma visão é vivenciada na matéria, ela é integrada no espirito e a aprendizagem é levada para a eternidade. Se não, é somente conhecimento racional que se dissolve com o corpo mental. Os sonhos é a linguagem do Terceiro Olho. Chakra que rege o periodo de 35 a 42 anos e 84 a 91 anos. Palavra-chave: IMAGINACÃO.

“Feche os dois olhos para ver com um outro olho”.

–Rumi, poeta e teólogo sufi que viveu na Anatólia (atual Turquia) entre 1202-1273

É um centro responsável pelo equilíbrio dos dois lados do cérebro: o raciocínio logico e a capacidade de absorver informações aliado à criatividade. Também é responsável pelo controle de todos os outros chakras e é o que envia os comandos para o corpo. Está ligado diretamente ao nosso Corpo Mental, ou seja, à nossa mente.

O Terceiro Olho não é um olho, e sim uma glândula, a glândula pineal ou epífise, localizada no cérebro, na região entre e um pouco a cima da linha das sobrancelhas. A pineal é capaz de detectar dimensões invisíveis aos olhos comuns, e esse pequeno radar está relacionado a fenômenos como clarividência (vidência de acontecimentos ainda não ocorridos), telepatia (comunicação por meio do pensamento) e capacidade de entrar em contato com outras dimensões (mediunidade).

Fisiologicamente este chakra supervisiona a saúde dos nossos olhos físicos, bem como a glândula pineal, que regula o relógio interno do corpo através da produção de melatonina. É através dele que produzimos formas de pensamentos benéficas ou prejudiciais, e que desenvolvemos a mente impessoal, que sabe discriminar sobre pensamentos motivados por crenças e medos ou pela sabedoria natural e inata. Essa clareza da mente e da personalidade é a essência da sabedoria e poderes deste Chakra.

Ajna tem um duplo significado, quando traduzido do sânscrito: perceber e controlar. Despertando o chakra do terceiro olho, nos abrimos para níveis mais elevados de percepção que nos permite acessar um outro nível de controle da vida (sem tensão) através da utilização da nossa imaginação. É a partir daqui que somos capazes de visualizar, de receber imagens através de sonhos, recordar memórias e sentir energias arquetípicas.

Quando sonhamos à noite, uma série de imagens se desenrolam através da lente do terceiro olho. Essas viagens visuais noturnas são como nossos roteiros personalizados que retratam as histórias de nossa vida interior. Ao prestar atenção nestes filmes interiores, podemos começar a explorar a relação dinâmica entre a consciência e o inconsciente. Existe uma citação maravilhosa de Carl Jung (O Livro Vermelho) que mostra a importância do sonho em nossa vida – “Nós também vivemos em nossos sonhos; não vivemos apenas de dia. Às vezes, nós realizamos os nossos maiores feitos em nossos sonhos. ” Neste estado de sonho, podemos começar a receber  sinais, símbolos ou imagens que podem nos oferecer uma visão esclarecedora e orientação. Isto é experimentado como um profundo conhecimento interior que pode fortalecer a nossa capacidade de confiar na nossa intuição. É a partir das imagens emitidas de nossa mente através do chakra da 3ª Visão, que os anjos terão o molde para qualificar as nossas energias e cumprir com a nossa vontade.

O Terceiro Olho é também o depósito de todas as memórias; portanto, podemos experimentar tanto o passado quanto o presente, recordando uma memória e incorporando os sentimentos desta imagem. Por exemplo, podemos relembrar uma memória alegre e permitir que a energia associada a ela se manifeste, assim, podemos voltar a experimentar a alegria e curar nosso corpo físico. Por outro lado, memórias dolorosas, que ficaram presas em nosso corpo, podem ser liberadas cumprindo o processo de cura. Muitas vezes, esse processo de cura acontece organicamente na vida, durante uma dança, um canto, uma percepção, numa meditação ou no momento que escolhemos fazer diferente, sem necessidade de atividade consciente de busca no seu banco de memórias.

Através do Terceiro Olho, nós tocamos o ponto que Jung chamou de “inconsciente coletivo” – o mundo dos arquétipos. Há tantos arquétipos como existem papéis principais na vida, por exemplo, mãe, vítima, amante e herói. Ao reconhecer que os arquétipos operam a partir do nosso mundo interior, uma compreensão mais profunda de nossas motivações e comportamentos pode ser alcançado. É  possível permitir que a energia dos arquétipos entre em nosso corpo físico e se mova através dele quando escolhemos uma energia arquetípica para trabalhar ou, quando invocamos a energia de um arquétipo para operar em nossa vida. Ao encarnar o arquétipo,  nos permitimos experimentar uma conexão mais profunda com a energia, ao mesmo tempo que,  reconhecemos quando ela está atuante em nossas vidas e a nossa volta.

A função de “controle” do Terceiro Olho se relaciona com os poderes fenomenais de imaginação visual. Quando esta habilidade é totalmente desenvolvida, somos capazes de alcançar resultados extraordinários, como tem sido demonstrado por cientistas e outros visionários ao longo da história. Assim como a intuição, essa capacidade é inerente a todos mas, ainda assim, todo o seu potencial só é utilizada por alguns. Acessar este poder depende da capacidade de deslocar o foco do lado esquerdo do cérebro (lógico, dedutivo e racional) para o lado direito do cérebro (capaz de pensar nos aspectos mais intuitivos, criativos e visionários). Esta sabedoria está disponível para todos, mas poucos de nós sequer tocamos a superfície do nosso profundo potencial.

Os arquétipos do 6° Chakra

Os arquétipos de Ajna são: “Intuitiva(o)”, como arquétipo positivo;   “Ruminador(a)”, como arquétipo negativo.

Intuitiva(o)

  1. A intuição se relaciona com a aceitação. Quando podemos nos libertar da necessidade de controlar os desfechos das situações da vida, aceitando que existe uma sabedoria, uma razão maior para tudo, nos abrimos para ser guiados pelos sinais do universo através da intuição.” Sri Prem Baba
  2. “Intuição nasce do silêncio; é a guia neste reino da terceira dimensão. O silêncio é a voz da intuição. Para que possamos receber as instruções superiores, se faz necessário nos afinarmos com os códigos divinos do silêncio.” Sri Prem Baba Saiba Mais
  3. Como reconhecer a intuição: Satsang com Sri Prem Baba

Ruminador(a) / Pensador compulsivo

  • Pensar é um vicio.” Eckhart Tolle Saiba Mais
  • O que significa viver no aqui e agora? Sri Prem Baba Saiba Mais

Perceba ambas as energias e, em seguida, encontre seu próprio caminho criativo para explorá-las. Você reconhece estas energias dentro de si? Ou nos outros? Que sentimentos esses arquétipos trazem para você? Quais seriam as crenças e atitudes de alguém que tenha esses arquétipos ativados na sua personalidade?

Harmonia

Influencia todas as formas de expressão, capacidade artística e intelectual. Está ligado à capacidade intuitiva e à percepção sutil. Quando bem desenvolvido, pode indicar um sensitivo de alto grau.

Deus é aquele que vê atraves de você

A pratica da meditaçao

Formas e estagios da meditaçao

A funçao do silêncio

Afinaçao com o silêncio

Como acordar do encantamento

  1. Grande poder intuitivo;
  2. Maior visão interior;
  3. Segurança nas decisões;
  4. Poder de liderança natural;
  5. Clareza e logica de ideias;
  6. Maior criatividade;
  7. Poder de raciocínio;
  8. Fácil aprendizagem;
  9. Desperta a capacidade de clarividência
  10. Governa os dois lados do cérebro (criatividade e raciocinio logico)
Sinais de Que Seu Terceiro Olho Está Acordado
  • Pressão na cabeça
  • Dores de cabeça
  • Sensibilidade ao som
  • Sensibilidade à luz
  • Aumento da intuição

Desarmonia

Enfraquecido, aponta para um certo primitivismo psico-mental.

  1. Falta de segurança
  2. Indecisão
  3. Sinusite
  4. Comportamento fanático por algo ou alguém
  5. Fragilidade emocional e mental
  6. Instabilidade na vida
  7. Vício em drogas legais ou ilegais por necessidade de escapar para o mundo da fantasia
  8. Girando anti-horário leva à manipulação para ter mais poder sobre os outros
  9. Bloqueado: mente rígida, dificultando o raciocínio e o aproveitamento de ideias
  10. Esquecido, perde facilmente a cabeça deixando a emoção negativa prevalecer.

Deficiência de energia

  1. Falta de confiança na intuição
  2. Dificuldade de captar ou compreender os sinais e sincronicidades significativas que, se reconhecidas, poderiam nos guiar e nos ajudar ao longo da vida.

Excesso de Energia

  1. Intuição distorcida, muitas vezes ao ponto de dar significado profundo para tudo e qualquer coisa.
  2. Fuga para um mundo de fantasia que nos consome e torna difícil distinguir o que é real do que não é.
  3. Passamos a nos bombardear constantemente com insights e imagens. Esta energia excessiva precisa ser aterrada.

Dicas para reequilibrar

O primeiro passo para um despertar espiritual é uma mudança de visão de mundo a partir do entendimento de unidade e igualdade.

  1. O que você vê alimenta o sexto chacra. O que você tem visto?
  2. Evite açúcar e produtos lácteos, o máximo possível
  3. Medite fora, na natureza, sentado na grama
  4. Preste atenção aos seus sentidos
  5. Beba muita água
  6. Caminhe na natureza por pelo menos 30 minutos por dia
  7. Reiki, Magnified Healing ou alguma terapia energética
  8. Sentar-se ao Sol no amanhecer ou entardecer ajuda a equilibrar a energia deste ponto
  9. Como ele é visual, imagens que nos trazem paz espiritual auxiliam no alcance de sua harmonia.
  10. Acalme a mente e pare as críticas e os julgamentos. Preste  atenção na respiração, do ar que entra e sai do seu nariz. Dê espaço para o novo ar entrar e o velho sair. Observe-se. Observe sua mente e deixe ela falar sozinha. Foco na respiração. Faça por algum tempo este exercício todos os dias.
  11. A meditação/atenção plena
  12. Praticar os exercícios físicos da Yoga

O Sexto Princípio

Reflexão

Auto-observação é a chave para reconhecermos como pensamentos e desejos podem estar limitando e  desenergizando o centro de energia mental.

  1. Eu confio na minha intuição?
  2. Tenho o habito de ficar ruminando o passado? Ou planejando demais o futuro?
  3. Eu penso e sinto? Ou sinto e penso?
  4. Na minha vida, eu pratico o controle com ou sem tensão?
  5. Estou consciente das correntes de tensão internas de controle?
  6. Eu consigo captar as informações sutis?
  7. Uso minha imaginação para construir ou para fugir?
  8. Como está meu discernimento ?
  9. O que você vê alimenta o sexto chacra. O que você tem visto?
  10. Tenho algum problema em meus olhos físicos?
  11. Tenho dificuldade de concentração? E de raciocinar?
  12. Tenho sentido confusão mental com frequência?
  13. Como estão meus pensamentos? Positivos ou negativos?
  14. Tenho tido muitas dores de cabeça nos últimos tempos?
  15. Mereço ser feliz? ( deixe a resposta vir com verdade)
  16. Estou ciente de que influências arquetípicas podem estar orientando ou limitando minha vida?
  17. Você se lembra de seus sonhos? Você está ciente das mensagens simbólicas?
  18. Quanto silêncio (interior e exterior) existe em minha vida para que eu possa ouvir os sussuros da intuição?
  19. Estou aberta para realmente  ver o que está acontecendo em minha vida ou tento manter certas coisas enterradas?
  20. Tenho me recusado a aprender com as experiências da vida?
  21. Será que posso e me permito escolher fazer diferente?

Durante esta semana, alinhe-se conscientemente com esse princípio tanto quanto possível. Você pode escolher um tema específico para trabalhar como, por exemplo, perceber os sussurros da sua intuição. Pequenas mudanças podem trazer benefícios enormes para seu sistema energético. Talvez você perceba que este chakra já está equilibrado e que você vivencia a harmonia com este princípio. Ou, ao contrário, este chakra é um desafio e você precisa dar-lhe atenção. Quanto mais consciente você se torna do funcionamento dos seus padrões de energia, hábitos, mais fácil se torna alcançar o bem-estar e a saúde física e energética.

Importante:  Após ter feito com muita honestidade este mergulho profundo em você, chega o momento de acalmar a mente, parar as críticas e os julgamentos. Todo este processo de auto-observação deve ser cauteloso, amoroso e com disciplina, pois entrar em contato com nossas verdades mais profundas pode ser bem desafiador. Se for muito forte para você,  procure um profissional para te ajudar a organizar as ideias e seguir com mais facilidade.

Portais para o Frontal

A. Afirmações (com EFT, em Francais)
  • As respostas a todas as minhas perguntas estão dentro de mim.
  • Eu confio na minha percepção e intuição.
  • Eu vejo claramente tanto no mundos físico quanto no mundo sutil.
  • Eu vejo e compreendo o Todo.
  • Meu intelecto é uma ferramenta poderosa para o bem.
  • Eu pressinto e crio a beleza e a bondade.
  • Eu estou receptiva(o) para experimentar a realidade extraordinária.
  • Eu confio em meu interior para me orientar e me proteger.
  • Minha imaginação é viva e poderosa. Estou aberta(o) para a sabedoria dentro de mim.

Faça dessas afirmações uma parte de sua prática diária durante esta semana. Escolha as afirmações que ressoam para você  ou crie as suas. Fale cada afirmação (em silêncio ou em voz alta) e coloque uma cópia dessas frases em um lugar que você possa vê-las todos os dias.

B. Cor

Indigo, a cor do céu quando começa anoitecer, é a cor de ressonância do terceiro olho. Esta semana, vista ou decore seu quarto nesse tom. Isso vai te ajudar a relembrar a sua intenção de desenvolver o seu chakra do terceiro olho.

D. Planeta

Júpiter é o planeta do terceiro olho. Como o maior planeta do sistema solar, Júpiter é considerado o rei do céus. Além de ser o guardião e protetor de nossas maiores metas, incluindo lei, verdade e justiça, Júpiter é também conhecido como a luz da sabedoria, da intuição e do planeta da expansão.

E. Arcanjo, Elohin e Mestre
  1. Choran ou Mestre Hilarion e seu raio gêmeo, Mestra Palas Athena. Hilarion foi o apóstolo Paulo de Tarso. http://fraternidadebranca-mestresascensos.blogspot.com/p/hilarion.html
  2. Arcanjos: Rafael e Mãe Maria
  3. Elohins: Vista e Crystal
    Elohins da Concentração, da Devoção, da Cura e da Música, estão empenhados, por meio da música, em alimentar o físico, o mental, o emocional e a consciência etérica da humanidade e manter esta harmonia ininterruptamente, de modo que as forças dos homens possam contribuir para a música das esferas.
  4. Quinto Raio Verde: Virtudes da Verdade Divina, Cura, Concentração, Consagração
  5. Na Umbanda e Candomblé, este chakra esta ligado à vidência e conhecimento e seu elemento é a água. Os orixás que se ligam a ele e podem ajudar em seu processo de cura são Iemanjá e Oxossi. https://www.wemystic.com.br/os-chakras-e-os-orixas-conheca-essa-relacao/
  6. Ardhanarishvara: Shakti e Shiva estão unidos em uma única figura conhecida como Ardhanarishvara. A parte masculina da figura é o lado direito e a parte fêmea, o lado esquerdo (dois lados do cérebro). Suas energias são permanentemente fundidas neste chakra marca o fim da dualidade.

ARCANJO RAFAEL: é o Arcanjo conhecido como médico Divino. Trabalha para a cura do planeta e de toda humanidade. Promove a cura dos seres humanos, nos níveis físico, energético, emocional e espiritual. Está associado ao chakra Frontal.

Prece: ARCANJO RAFAEL, peço-lhe para entrar no meu sexto chakra (terceiro olho), entre nesse centro para transmutá-lo, limpá-lo e iluminar tudo o que possa bloquear-me ou impedir-me de ver a verdade. Peço-lhe para abrir todas as camadas do terceiro olho no alinhamento Divino, sob a vontade de Deus, desembarace o fio, repare-o, fortaleça-o e ancore-o ao meu Divino projeto.

F. Criaturas e Animais

 O pavão, corvo, gato, unicórnio e cobra são todas criaturas de Ajna.

  1. O pavão representa a imortalidade e longevidade. É um símbolo das estrelas do céu. Sua cauda em forma de leque é um símbolo de o sol, assim como a abóbada do céu. No budismo, os olhos da cauda simbolizam vigilância.
  2. Embora o corvo seja frequentemente visto como um mau presságio, na China, Pérsia e no Japão, é um mensageiro do sol. Como ele é um pássaro falante, possui poderes proféticos.
  3. Gatos são conhecidos por incorporar poderes sobrenaturais, positivas ou negativas.
  4. O unicórnio representa o princípio feminino e a lua. Ele simboliza a pureza, a virtude, a força da mente e do corpo. Ter dois chifres unidos em um simboliza a união dos opostos e a personificação mítica do reino interior da mente. Na China, ela representa a sabedoria e a longevidade.
G. Árvores

A faia, o cedro e o carvalho.

H. Ervas

Menta, jasmim são ervas utilizadas para abrir o sexto chakra. A menta tem sido utilizada para curar depressão, enxaquecas e perda de memória. Ela também aumenta a conexão entre mente e corpo. Estas são as ervas e especiarias que podem energizar e curar qualquer desequilíbrio no chakra do terceiro olho, zimbro, artemísia, papoula, alecrim e lavanda.

I. Cristais

Lápis-Lazúli, Azurite, Pedra da Lua

Lápis-Lazúli é um símbolo de conhecimento, sabedoria e proteção. Azurita desperta habilidades psíquicas, a percepção e a intuição. A Safira é ligada à sabedoria, intuição e desenvolvimento espiritual.

J. Óleos Essenciais

Violeta,  Jasmin, Manjerona, Olibano, Patchouli, Alecrim, Sândalo, Cipreste, Louro, Vetiver, Rosa são alguns dos óleos associados ao chakra do terceiro olho. Se você tem dores de cabeça (sintomas de um chakra do terceiro olho desequilibrado) use lavanda, eucalipto, hortelã ou melissa. Como usar a Menta e o Jasmin: utilize apenas 1 gota de um dos óleos esseciais escolhido diretamente sobre a área do terceiro olho (entre os dois olhos). Além disso, chás de alecrim e artemísia também são muito benéficos para essas questões. São preparados também através de infusão por 5 minutos.

K. Postura Yoga

L. Elemento

Não tem

M. Glandulas

“Glândula Mestra” – Hipófise ou Pituitária é a representante deste vórtice e responsável pela organização e funcionamento de todas as outras glândulas de nosso corpo.

A pineal é capaz de captar radiações eletromagnéticas da lua – que regula os ciclos menstruais, por exemplo -, as radiações eletromagnéticas vindas do Sol e ainda desperta a produção de certas substâncias neurotransmissoras, que estimulam a atividade física e mental. Também é a pineal que ativa a produção dos hormônios sexuais no início da puberdade, iniciando-se assim o ciclo da reprodução humana. “A pineal é capaz de captar campos eletromagnéticos não apenas desta dimensão, onde vivemos, que é a terceira, mas também de outras dimensões do Universo, acessando campos espirituais e sutis”, conta Sérgio Felipe de Oliveira, psiquiatra, mestre em ciências pela Universidade de São Paulo e diretor-clínico do Instituto Pineal-Mind, de São Paulo. Para os espíritas, segundo o livro Missionários da Luz, psicografado pelo médium Francisco Cândido Chavier, a melatonina, o hormônio segregado pela pineal, gera os impulsos para experiências que promovem o desenvolvimento espiritual. Dois chakras são responsáveis pelo desenvolvimento da espiritualidade: o chakra frontal e o chakra coronário, que fica no topo cabeça. Esse órgão possui semelhanças com o globo ocular, pois ambos possuem membrana cristalina e receptores de cor. Ele se desenvolve como terceiro olho no segundo mês de gestação, mas ao longo do processo de crescimento, ele desaparece, sendo substituído por uma estrutura muito pequena chamada de glândula pineal, localizada na frente do cerebelo. Especialistas atentam para a versatilidade do órgão que pode ser reativado para suas funções como terceiro olho. Os biólogos dizem que a glândula pineal, diminuiu de tamanho através dos milênios, porém, em suas origens, este órgão era do tamanho de uma cereja. Ele despertou os interesses de cientistas que descobriram funções relacionadas á física e à fenômenos paranormais.

N. Petalas

Sua representação possui somente duas pétalas, porque ele é o símbolo da dualidade e governa os dois lados do cérebro. Ou Lótus de 96 pétalas : através dele que conseguimos ver o que está no plano etéreo ou o que já está nos corpos mental e astral, prestes a se manifestar no físico. As 96 pétalas deste chakra representam a multiplicação dos 12 raios vezes o número 8, que representa a câmara secreta do coração.

O. Exercicios Energeticos
  1. Visualização para ativar Ajna
    Sente-se confortavelmente, feche os olhos suavemente, e foque a sua atenção em Ajna. Concentre-se neste local e visualize uma chama prateada, uma lua branca, uma estrela brilhante, Buda ou uma figura de prata que lhe chegue intuitivamente. Sente-se calmamente contemplando este símbolo descansando em seu terceiro olho como você faz na sua meditação diária. Com o tempo, seu chakra do terceiro olho vai se abrir e você começará a sentir mais facilmente os estados ampliados de consciência. Aqui, você deixa para trás a realidade cotidiana de pensar e entrar no mundo intemporal do Espírito. Aqui você vê a grande realidade, a verdade de como as coisas são.
  2. Visualização criativa para sua vida
    Sente-se confortavelmente, feche os olhos físicos suavemente e coloque sua atenção suavemente no seu terceiro olho. Visualize uma tela de cristal clara como se fosse uma tela de cinema interna. Agora use sua imaginação para criar uma visão para a sua vida. Visualize em detalhes como você deseja ver o seu mundo. Seja clara(o) e focada(o). Você pode escolher apenas uma área de sua vida e concentrar sua energia dando um comando para que isso se torne realidade. Ou você pode optar por visualizar vários aspectos de sua vida. Este exercício é um presente para você a partir de seu terceiro olho – uma oportunidade de manifestar seus sonhos!
  3. Meditação à Vela
    Encontre uma vela de cor que você gosta, talvez branco, dourado ou roxo, pois essas são as cores correspondentes aos chakras da evolução espiritual. O quarto deve ser escuro. Coloque a vela sobre a mesa cerca de um metro de distância de você, um pouco abaixo do nível dos olhos. Olhe fixamente para a chama. Acalme sua mente e mantenha sua respiração estável.

    Depois de alguns minutos, feche seus olhos. Você verá a imagem da chama como um pequeno ponto da luz branca no olho da sua mente, o ponto entre os olhos físicos. Mantenha sua atenção fixa sobre esse ponto de luz. Não tente mudar, controlar ou mudar isso, basta observar.

    A luz pode mover para cima. Pode mudar de cor. Mantenha-a na sua visão interior enquanto você pode. Você pode ser surpreendido quanto tempo a imagem permanece, por vezes sumindo e reaparecendo novamente. Quando ele desaparece totalmente, abra os olhos e olhe para a vela de novo.

    Repita o procedimento três vezes. A última vez, tente segurar a pós-imagem estável, sem vacilar. Quando você não pode vê-la, mantendo os olhos fechados, continue a ver o espaço onde ela estava. Esteja ciente de todas as cores ou imagens que aparecem lá.
  4. Exercício de Yoga dos olhos
    Este é um exercício para fortalecer seus olhos físicos, e pode ajudar a melhorar a sua clareza de visão e reduzir a fadiga ocular. É perfeito para depois de longos períodos de tempo no computador ou ao fazer uma leitura cansativa. Sente-se confortavelmente, com a coluna reta. Feche os olhos. Traga a sua atenção para o ponto na sua testa, entre os olhos. Sinta a escuridão e aproveite a serenidade que emana. Depois de alguns minutos, abra suavemente os olhos e olhe para a frente. Mantenha a sua cabeça imóvel, olhe para cima, em seguida, vire lentamente o olhar para baixo. Repita este movimento de subida e descida algumas vezes. Depois, retorne os olhos para o centro, feche-os e sinta novamente a escuridão. Repita os movimentos novamente, mas desta vez, mova os olhos da esquerda para a direita. Em seguida, retorne novamente à escuridão. Finalmente, faça meios círculos, primeiro na parte superior e, em seguida, na parte inferior. Agora, faça uma rotação completa. Faça este exercício tanto no sentido horário quanto anti-horário. Para finalizar, feche os olhos. Esfregue as mãos aquecê-las, cubra os olhos e sinta o calor fluindo para os seus olhos. Massageie suavemente suas pálpebras, sua testa e seu rosto.
P. Mantra e Frequencias: Om e 852hz

OM: O canto do OM com um fluxo de respiração controlada e relaxante é uma das mais antigas formas conhecidas para entrar em sintonia com o poder do terceiro olho, o ponto focal da intuição, o centro do nosso sistema de orientação espiritual ajudando-nos entrar em sintonia com todas e todas as frequências.

“O OM é o som que surge do nada. Esse nada é o que contém tudo. O vazio contém a totalidade, essa totalidade absoluta é conhecida como Brahman. OM é o poder de Bhrama que unifica todas as coisas; alinha matéria e espírito; passado, presente, futuro. Por isso é conhecido como a declaração da unidade. Eu te convido então a inserir o mantra OM em sua pratica diária. Vocalizar o mantra por 3 vezes. Após a vocalização você permanece alguns instantes em silêncio, para que os corpos possam absorver as vibrações do som. E estando com o observador suficientemente acordado, você percebe que a vocalização te silencia, te faz voltar para o centro.” Sri Prem Baba

INTUIÇÃO CLARIVIDÊNCIA CRIATIVIDADE – 852HZ https://youtu.be/Gkik0Ulm7Jo

• 13Hz e 221.23Hz – Freqüência de Vênus

Para Meditar

A Aceitação e a Intuição – Sri Prem Baba

“A conexão com o mestre, com o Grande Mistério aumenta, quando você se permite perceber os sinais, perceber a sincronicidade, que está mostrando o próximo passo na sua jornada evolutiva.

Mas se você está no controle, e as coisas tem que acontecer do seu jeito, você não pode ser guiado. Então, você fecha sua visão para a sincronicidade. E aí, obviamente, você está condenado ao sofrimento, porque você se sente sozinho, por isso que você sofre, se sente desprotegido.

Seu coração se alegra quando se sente guiado. Quando você percebe que não está sozinho, não é uma folha levada pelo vento, mas que existe uma inteligência cuidando de tudo isso, e você faz parte disso tudo, faz parte desse jogo, você é uma flor do jardim do criador.

Você se sente pertencendo.

E quando se sente pertencendo, não há motivo para tristeza.

Mas para poder vivenciar esse contentamento, é importante estar atento a intuição, atento as sincronicidades, a essas coincidências misteriosas, que tem algo para você. Tem sempre uma mensagem por trás de uma “coincidência”.

Na verdade não existe coincidência. Tem sempre um recado da vida para você, que revela o próximo passo da sua jornada.

Tem um motivo, escondido no fato de estarmos aqui; assim como motivos escondidos nos fatos das coisas acontecerem do jeito que acontecem.É importante que estejamos abertos para receber esses ensinamentos. E estar completamente aberto para a sabedoria da incerteza. É abrir mão mesmo, de querer controlar. É deixar o poder te levar.Ser guiado pelo poder. Poder Superior.

Assim você desenvolve a mais profunda aceitação, e consequentemente o mais profundo relaxamento. Esse relaxamento trás uma alegria, trás a oportunidade de desfrutar cada momento da vida. E desfruta tanto dos momentos bons, como dos momentos que não são bons. Porque você encara tudo como material de escola, dessa grade escola que é a vida, cujo curso é Amar Conscientemente. Amar desinteressadamente.

Se você vai largando o pensador compulsivo, e se permite ser guiado pelo coração, você entra no canto do Mistério. Esse Mistério é revelado para você.

‘Pensamentos que me afligem,
Sentimentos que me dizem,
Nos motivos escondidos na razão de estar aqui.
As perguntas que me faço,
São levadas ao espaço
E de lá eu tenho todas as respostas que pedi.
Quem me dera as pessoas que se encontram se abraçassem como velhos conhecidos,
Descobrissem que se amam e se unissem
Na verdade dos amigos
E no topo do Universo uma bandeira
que estaria no infinito iluminada,
Pela força deste amor, luz verdadeira,
Dessa paz tão desejada.
Pensamentos que me afligem,
Sentimentos que me dizem,
Nos motivos escondidos na razão de estar aqui
Contemplando a natureza deste mundo
Onde as vezes aparentes coincidências
Tem motivos mais profundos.
Se as flores se misturam pelos campos
é que flores diferentes vivem juntas
E a voz dos ventos na canção de Deus,
Responde todas as perguntas’… Video

O que Deus quer nos dar? Flores? Mas as vezes tem espinhos, e as vezes espetamos os dedos nos espinhos e tem motivos para se espetar os dedos nesses espinhos.

Você escolheu isso antes de encarnar, para despertar o seu potencial, e aprender a se libertar das limitações, descondicionar sua mente, poder dissolver carmas antigos, acordar o seu poder, acordar sua shakti, aprender a amar conscientemente.

Então meu amado, é chegada a hora de aceitar que a rosa é linda e perfumada, mas também tem espinhos. E aí não há motivo para brigar com a vida, você vê tudo como presente. Se está bom agradece, se está ruim agradece.  

“Graças infinitas vos dou por tudo aquilo que já posso compreender e por tudo aquilo que ainda não compreendo.”

–Sri Prem Baba

Rezo para que você tenha coragem de aceitar e abrir os presentes que a vida lhe dá.”

–Sri Prem Baba

Visão geral do caminho dos chakras