7° Chakra | Coronário, Coroa ou Sahasrara

O DIREITO DE CONECTAR

Conexão com o Poder de Criar, com o Divino, com os Mestres e a Familia do Propósito. Da Teoria e Conhecimento para a Criação e a Sabedoria.

Tornar-se um cocriador. A conexão com o Divino e os Mestres. Deus e o divino na natureza. Como cada um de nós pode manifestar uma energia divina através do nosso propósito e serviço. Nossas missões de vida, dons e talentos. As leis universais. As famílias espirituais. Os acordos espirituais. O Sétimo Chakra harmonizado nos abre e nos conecta com o divino, com o nosso caminho espiritual. Nos reconhecemos como seres divinos; abrimos mão de crenças e dogmas,através de religiões, que nos condicionaram de que o Divino está fora ou distante. Dissolve tudo o que nos faz sentir não-merecedores de vivermos como filhos e filhas herdeiros de Deus. Harmoniza o ego espiritual – aquela parte que nos impede de aprendermos porque sustenta uma falsa iluminação. Harmoniza tudo o que nos afastou dos nossos dons, talentos e da nossa missão divina. Recupera nossa energia que desperdiçamos quando bloqueamos a fé e perdemos a capacidade de nos maravilharmos, nos encantarmos com a vida, com as sincronicidades, de ver a luz em cada um. Recupera a energia que depositamos em outra pessoa, templo, dogma ou crença quando acreditamos que o divino é algo exterior. Eu e o Todo. Chakra que rege o periodo de 42 a 49 anos e 91 a 98 anos. Palavra-chave: CONEXÃO.

.

O Chakra da Coroa, está localizado na parte superior da cabeça; é o centro da nossa espiritualidade e atua como porta de entrada para os reinos mais elevados de consciência. Sahasrara traduz-se como “mil vezes” e é uma referência à lótus de mil pétalas que, segundo a antiga tradição indiana, encontra-se no topo da cabeça e representa a iluminação, a integração e o infinito.

O cérebro e o sistema nervoso central, assim como a glândula pituitária, responsáveis pelo crescimento do corpo físico, são nutridos pelo chakra coronário.

O despertar do chakra coronário nos abre para o que Jung chamou de “Self”, um arquétipo da Unidade. Como este chakra é a porta de entrada para o Eu Real, trabalhar com ele pode nos guiar para a autorrealização. Quando o Ser é manifestado, nós atingimos o nosso potencial máximo e a unificação de toda a nossa personalidade. O completo revelar do Self  traz uma atitude totalmente diferente perante a vida, conforme uma transformação iluminadora vai ocorrendo. Embora seja um mistério para a maioria, esta jornada em direção à unidade pode ser facilmente compreendida através de estudos dos mitos e lendas espirituais.

“Verdade é voz que vem de dentro e mata a sede dos sedentos.”

O Vento e o Tempo. Paulo Simões – Almir Sater

CHAKRA CORONÁRIO EM HARMONIA

Percebemos a quietude do nosso verdadeiro Ser, sua pureza e onipresença. Esta plenitude do Ser vai acontecendo aos poucos. Mesmo com o chakra já aberto, temos a impressão de estarmos acordando de um sono profundo, a sensação de estarmos voltando para casa, até se transformar em uma realidade de alegria permanente.

CHAKRA CORONÁRIO DESEQUILIBRADO

  1. Sente-se separado do fluxo harmonioso do Ser.
  2. Medo limitante.
  3. Criatividade limitada.
Excesso de Energia
  1. Cria em excesso mas sem proposito, sem utilidade pratica ou não consegue ganhar dinheiro com as criações.
Falta de Energia
  1. Não consegue criar.
  2. Acredita que tudo ja foi criado.
  3. Copia porque não acredita na sua capacidade de criar e quanto mais copia mais mata a sua criatividade.

Os arquétipos de Sahasrara

O Chacra da Coroa tem O Ser Espiritual como arquétipo da energia positiva e O Egoísta como o da energia negativa.

O Ser Espiritual

O que é Deus

o que é o amor

O que é o Mestre

O que te liberta é a Graça Divina

Como manter a conexão com o Eu Superior

Compreensao e Graça Divina : instrumentos para a libertaçao

Para onde o amor vai nos levar: Parte I e Parte II

como agir ao ser tocado pela Graça

O que é o fenômeno da Graça Divina

Como acordar a capacidade de se doar

A Vergonha do Eu Superior

O que impede a onda de se tonar mar

O Egoísta

Como lidar com a montanha russa do ego

Como lidar com as vontades opostas

Como lidar com as forças opostas

O que é consumismo espiritual

Quem esta comprometido com o mal

COMO MELHORAR O FUNCIONAMENTO DO CHAKRA CORONÁRIO

Inicialmente, fazer uma limpeza energética para que a potência do chakra possa ser recuperada e aconteça uma integração que auxilie no caminho de autoinvestigação.  Precisamos reconhecer como nossas ações e pensamentos, podem estar limitando nossa alegria eterna.

Um bom termômetro para testar como anda seu Chakra da Coroa é se perguntar: “eu confio na vida?”.

Outras exemplos:

  • Eu aceito que o fluxo natural da vida me conduza?
  • Tenho feito silêncio para ativar a minha criatividade?
  • Confio no novo que pode se apresentar a qualquer momento para mim?
  • Costumo ter inspiração para resolver os desafios?
  • Uso sempre meu livre arbítrio de forma consciente?
  • Será que me permito escolher fazer diferente?
  • Tenho criatividade?

Meditação

Uma das práticas mais eficazes para ativar o chakra da coroa é a meditação. Ela é tão essencial para o espírito quanto o sono e os alimentos são para o corpo. Há muitas técnicas de meditação, por isso vá experimentando até encontrar uma que funcione para você. Pode ser tão simples como se concentrar em sua respiração ou a visualização de cores e divindades. Você pode ser atraído pela repetição de um mantra ou o som “om”. Tocar um cristal ou uma tijela tibetana ajuda a limpar a mente. Ou talvez você prefira meditações em movimento, dança ou arco e flecha.

Experimente várias práticas até encontrar uma que você se sinta bem e que funcione para você. Em seguida, fique com ela por um tempo, pois só com a prática repetida a meditação pode mostrar suas recompensas!

Visualização da Cachoeira

Sente-se confortavelmente, com a coluna reta. Suavemente feche seus olhos. Imagine que você está em uma bela floresta tropical; você pode sentir o cheiro do plantas e das flores tropicais. Você pode ouvir os sons da floresta. À distância, você vê uma cachoeira. Conforme você se aproxima, você percebe que o líquido escorrendo não é água, mas um néctar macio e dourado. Você fica sob a cachoeira, e o néctar começa a fluir através do topo de sua cabeça. Este néctar detém uma energia sagrada, e você sabe que é a energia do Divino. Conforme o néctar goteja lentamente para baixo através da coroa na sua cabeça, ele vai permeando lentamente cada célula do seu corpo. Descanse neste espaço sagrado e incorpore a energia do Divino. Depois de alguns minutos, respire lenta e profundamente três vezes.

Meditação guiada

Crie um Altar

Criar um altar é uma maneira de comungar com o Poder Superior. Esta é uma maneira prática e física de se conectar com a energia do chacra coronário. Você pode escolher um espaço em sua casa para usar como seu “espaço espiritual” ou pode ser no jardim. Decore o seu altar com algo que te faz sentir bem: cristais, divindades, flores, velas, incenso. É a intenção que é importante aqui, e não a quantidade de dinheiro que você gasta ou como você escolhe decorá-lo. Ao longo do tempo o seu espaço se tornará imbuído de um sentido do sagrado e cada vez que você retornar a este espaço sagrado, você vai experimentar estados mais elevados de consciência com mais facilidade e rapidez.

Portais para o Sétimo Chakra

A. Planeta

 O sol é o planeta do chakra da coroa. É o poder cósmico supremo e na maioria das tradições simboliza a renovação da vida e o criador.

Urano também está associado com o chakra coronário. É um símbolo do infinito e do que há de se manifestar.

B. Arcanjos, Elohins e Mestres

Arcanjos: Jofiel (aspecto masculino) e Constância (aspecto feminino).

Elohins: Cassiopeia (aspecto masculino) e Minerva (aspecto feminino). Dirigem e governam a percepção, compreensão, iluminação, entendimento e, especialmente, a atenção. “Pela atenção fazeis com que a mente se torne una com a coisa focalizada deixando que os dois se tornem um. Quando a mente aceita e concorda com uma coisa ou condição, a pessoa automaticamente a incorpora ao seu mundo. Onde quer que deixeis vossa atenção deter-se, estais concordando com o que lhe diz respeito e aceitando.” (Livro de Ouro de Saint Germain, p.16)

Mestres (Chohan): Lanto (aspecto masculino) e Kwan Yin (aspecto feminino).

Raio: 2° – Amarelo.

Corpo: Mental Superior, o Eu Crístico.

Virtudes: Iluminação, sabedoria, percepção.

Desenvolve: Sabedoria, intuição, força mental.

Pertence: Professores e estudantes.

Características em seres não evoluídos: Orgulho intelectual, acúmulo de informações.

Prece: ARCANJOS Jofiel e Minerva, peço-lhes que harmonizem o meu sétimo chakra. Harmonize os quatro elementos deste centro de força. Repare o tamanho e a velocidade caso esteja desalinhado. Fortaleça-o. Peço-lhes iluminação, sabedoria e percepção para que meu ego se submeta totalmente à vontade do Eu Real. Que eu possa compartilhar o que eu sei e me conectar com o campo da humildade. Assim é.”

C. Divindades e Arquétipos

O chakra da coroa é o reino de Deus, o Criador. O Ser Supremo é retratado em muitas formas, incluindo Allah, Zeus e Osirus.

SHIVA: O chacra coronário é conhecido como a morada do deus hindu Shiva, “o destruidor dos mundos”. Na cultura indiana, ele é responsável pelos ciclo natural de vida-morte-vida, a transformação da forma através da morte e da destruição, no sentido de destruir as criações do ego, a falsa identificação com a forma. Shiva está à disposição para nos ajudar a mudar nossos velhos hábitos. O canto para invocar a energia Shiva é “Om Namah Shivaya”. Significa “Eu me curvo a Shiva, a realidade suprema, o eu interior”. É o nome dado a consciência que habita em tudo. No hinduísmo, Shiva é o nome de sua verdadeira identidade – o seu Eu Real.

D. Criaturas

O ouroboros, a águia e o cisne são criaturas relacionadas com o chakra coronário. Os ouroboros é descrita como uma serpente que morde a própria cauda. É um símbolo dos ciclos intermináveis ​​do tempo, nascimento e renascimento. Em muitos mitos, a totalidade do mundo é  descrita como o  curso circular das águas que cercam a terra, que apoia e mantem o mundo e injeta vida para a morte e morte para a vida, num movimento perpétuo.

A águia é considerada um pássaro solar, símbolo de todos os deuses do Sol e representa os céus. Significa também o princípio espiritual nos seres humanos, capaz de elevarnos ao céu. Ascenção, contemplação e inspiração são qualidades atribuídas à águia. A águia e a serpente são retratadas frequentemente em conflito. Isto descreve a vitória espiritual; a águia, simbólo dos poderes celestes e a serpente, que representa o mal. Juntas, essas criaturas representam a totalidade, a união cósmica, a união do espírito e da matéria, o Uno acima do bem e do mal.

O cisne combina os elementos do ar e da água. É o pássaro da vida e também significa a pureza, a solidão, o recuo e o amanhecer de um novo dia. No hinduísmo, os cisnes representam a respiração e o espírito; é a ave divina.

E. Árvores

Banana, baía, louro, castanho e laranja são as árvores associadas com o chakra coronário. A árvore baía representa a renovação da vida, a imortalidade. O louro, simboliza a eternidade e a imortalidade e é conhecido por cura física e espiritual. A castanheira simboliza a força e vitória sobre a tentação – ela é cercada de espinhos, mas intocada por eles. A flor de laranjeira também representa a imortalidade, a pureza e a fecundidade.

F. Ervas

Baía, zimbro, calêndula e alecrim são ervas associadas ao chakra coronário. Zimbro é um símbolo de proteção. Calêndula representa longevidade e é a flor de Krishna. Alecrim significa a lembrança, a devoção à memória. A lavanda também ajuda a abrir seu chacra coronário e a trazer o alinhamento com a sabedoria divina. Esta é um planta popular para melhorar a meditação.

G. Afirmações
  • Eu sou conectada(o) e sustentada(o) pelo Universo.
  • Eu declaro que eu sou aberta(o) para viver a partir da minha verdadeira natureza.
  • Eu sei que o meu propósito de estar neste planeta e levar alegria é através do meu caminho único.
  • Eu me torno cada dia mais consciente.
  • Eu trilho o caminho da iluminação.
  • Eu libero todos os pensamentos limitados e me conecto a níveis mais elevados de consciência.
  • EU SOU UM com o Universo.

Ao longo desta semana, dedique um tempo para suas afirmações do chacra coronário. Imagine-se sentada(o) no lótus do chakra coronário e deixe a luz branca brilhante inundar através de você conforme você vai afirmando e incorporando essas palavras de cura.

H. Cor

Violeta é a cor do Eu Superior, da transcendência e da Graça Divina. Também está associada com a inteligência, o conhecimento e a humildade. A cor ouro também está associada com o chakra da coroa, representando o sol, o poder divino e o esplendor da iluminação. O branco puro é, naturalmente, a outra cor comumente associada com o chakra da coroa, representando a unidade, a pureza e o infinito.

Encontre a sua própria maneira de trabalhar conscientemente com a energia dessas cores esta semana. Você pode optar por usar essas cores no dia-a-dia ou simplesmente visualizá-las em sua meditação.

I. Cristais

Quartzo claro, ametista e diamante são os cristais conhecidos por entrar em ressonância com o chakra coronário. O quartzo claro traz clareza de consciência; a ametista facilita a espiritualidade e o contentamento; enquanto que, o diamante representa a pureza, a perfeição e a inspiração.

J. Óleos Essenciais

Lavanda, mirra, jacinto e louro são óleos essenciais correspondentes ao chacra coronário. A alfazema facilita a meditação, o jacinto tem qualidades hipnóticas e o louro está associado com a sabedoria e a profecia divina. A mirra foi valorizada por milhares de anos e acredita-se que ela contem poderes de cura divina. Ela já foi considerada mais preciosa que o ouro!

K. Alquimia da Palavra

Se você quiser descobrir mais sobre esse chakra, recomendamos a leitura das seguintes obras:

  • “Rodas da Vida”, de Anodea Judith – Capítulo 8 (Chakra Sete)
  • “O Poder da Serpente”, de Arthur Avalon (Versículos 41-42)
  • “Chakras Arquetípicos”, de Arthur Bittlinger (O capítulo Chakra da Coroa)
Visão geral do caminho dos chakras